Passado



A se considerar queda vertiginosa de frequência na Cândido Mendes, a cidade aos poucos vai decretando a morte do velho centro comercial de Macapá.
Pelo andar do carro alegórico, realidade dura, nua e crua —infelizmente!