Piora



Nem precisa ser um profundo conhecedor do assunto, mas até onde vejo, a importação de jogadores de segunda classe, em vez de investir
na produção caseira, é mais uma demonstração de que o futebol brasileiro está mesmo em queda livre.