Rápida prosa



No finalzinho do expediente, Jota Ney deu o ar da graça: 
E aí, rapaz, como anda a corrida municipal em Macapá?, diz saber.
Sei lá, respondi de batepronto.
Quem ganha?, insistiu.
Pra mim, tanto faz, retruquei.