Melhoria



WGóes vai ao Dnit, em Brasília, e propõe duplicação da via de acesso ao Porto de Santana, considerado por ele como principal porta de entrada e saída de produtos do Amapá.