Ranzinza



Recorram ao diário de Charles Darwin e veja o que ele botou lá sobre as mulheres:
“… Elas acostumaram-se aos tons ríspidos das ordens e ao desdém das reprimendas”, escreveu. “Seus modos raramente são amenizados por expressões afetuosas: elas nascem mulheres, mas morrem pestes.”