Stand by



Já Paulo Guerra, também deputado à época de Planton, admitiu desejo de consumo, mas ao Senado, em 18.
Professor e advogado, nessa ordem, goza de largo prestígio em meio à classe universitária.