Adivinho



No ver de um interlocutor, o Amapá, pra começar a dar certo, precisa trocar o seu eleitorado, porque esse que está aí não conhece nada de voto, sobre como usá-lo pra castigar traidores e eleger políticos verdadeiramente comprometidos com o bem-estar da sociedade.