Cognome



Zeca Deabo, que até já foi presidente da CVM, em tempos idos, volta a disputar a vereança.
Mas como Zeca Abdon, mandando o ‘Deabo’de volta pro inferno, escorando-se no sobrinho André Abdon, atual deputado federal.