Alvo



“Se prisão de Lula vier após condenação, não tem o que objetar”, admitiu Temer, ante ameaça iminente de Moro sacar revólver do coldre a qualquer momento.