Álibi



Segundo Montenegro, Patrícia cometeu suicídio atirando-se do 14º andar do hotel onde estavam hospedados, em Brasília.
No entanto, laudos periciais lastrearam denúncia do MP e convenceram jurados, que condenaram o empresário como autor do crime.