Diálogo



Lula (PT): “Michel, quando quiser conversar comigo, me chame. Não posso é ficar me oferecendo”.
Temer (PMDB): “Ah, com essa abertura, vou chamar muitas vezes”.