Fim do calote



Desde 1992 – quando foi elevado à categoria de estado –, é a 1ª vez que orçamento do Amapá é aberto, com priorização de ‘restos a pagar’ no início do exercício.
Segundo WG, isso só foi possível por causa da organização das contas públicas com transparência e controle nos gastos públicos.