Desvios



Jozi já responde a processo por supostos desvios de R$ 3,2 milhões da Fieap e é acusada de tirar voz e voto do Amapá na CNI por causa de malfeitos aqui.
Afastamento dela pode ser decidido nas próximas horas pela 1ª Vara do Trabalho de Macapá.