Equilíbrio



Amapá não foge à regra nacional no que diz respeito à opção por nomes em detrimento de partidos para a escolha de representantes políticos.
Não é a toa que coligações são mera alternativa para barganhar tempo de propaganda gratuita.