Moradia



WGóes lançou nesta terça projeto de habitação e urbanização de cinco áreas no Perpétuo Socorro – uma delas na região do incêndio ocorrido em 2013.
No total estão previstas 500 unidades habitacionais, que abrigarão cerca de 2.500 pessoas.