Precipitação



Lucas Abrahão (Semdec): “A irresignação da prefeitura é porque em nenhum momento o governo informou da sua intenção de se apropriar do espaço, precipitando-se em divulgar publicamente de maneira arbitrária e inoportuna a construção de moradias em um local que já está contemplado pela prefeitura com a construção de 3 mil novas unidades habitacionais”.