Especulação



Porteira vai abrir geral: estrangeiros poderão comprar quantidade de terras que bem entenderem na Amazônia.
Projeto em vias de aprovação na Câmara acaba com limite de 100 mil hectares por investidor.