Cidadã



Pernambucana de fibra, Rosemary Andrade, há 26 anos no MP-AP, agora vai oficializar cidadania amapaense, com outorga de título pela Alap por indicação de DaLua (PMB).