Fora do compasso



No ver de Aracilene, escolas fazem o jogo de Vicente Cruz, por não terem reagido às contratações ‘feitas sem aprovação do conselho de representantes das entidades do carnaval’.