GPS



Promotor Moisés (Patriota) não aceitaria eventual descarte da condição de 2º nome do grupo liderado por Clécio (Rede) para o Senado.
“Mudança de planos representaria traição porque apoio à reeleição do atual prefeito foi condicionada à sua candidatura ao cargo em 2018”, garante Moisés.