Imbróglio



Trabalhadores da educação de Itaubal deflagraram greve de 15 dias, inicialmente, em protesto pelo não pagamento de salários de novembro e dezembro de 2016. É de longe a gestão municipal mais problemática de todo o estado.