Imortalidade



Assim como foi feito com objetos pessoais de Janary, que GEA comprou da família do primeiro governador, poderia ser feito com acervo de Coaracy Barbosa, Nilson Montoril e Edgar Rodrigues para garantir preservação da História do Amapá.