Quem?



Por debaixo do pano, Bordalo, advogado do Promotor Moisés, diz que desdobramento da Operação Minamata vai até o STF, em Brasília.
“Porque tem um importante parlamentar federal literalmente ‘minado’no caso e que nome dele logo, logo chega ao distinto público”, assevera o causídico.