Revés



Desembarque do governo dos tucanos pode fazer Amapá perder vários investimentos, em especial reconstrução do muro de arrimo da Orla de Macapá, que havia sido prometido por Bruno Araújo, que deixou o ministério das Cidades nesta segunda.