Royalties



Aprovada na Câmara e agora seguindo para o Senado, MP dos Royalties da mineração pode ser alento para a combalida economia do AP, porque alíquota do ferro, de que o estado é grande produtor, passa de 2% para 3,5% sobre receita bruta.