Autopromoção



Candidatos que se utilizam de entidades vinculadas ao seu nome também devem ficar atentos, porque legislação eleitoral proibirá a partir do dia 1 execução de programas sociais, por mais relevantes que sejam, sob pena de caracterizar compra de voto e terem dor de cabeça lá na frente.