Desemparo



“Fecharam o garimpo e agora estamos aqui fazendo um apelo para a sua reabertura. Hoje quase 7 mil pessoas do Lourenço estão desamparadas, porque depende exclusivamente da extração do ouro para sobreviverem”.
João Evangelista, Coogal