Sem perdão



“Já fizemos várias visitas a esses comércios, explicamos que é caracterizado como uma irregularidade, mas muitos insistem em continuar. Agora, estamos notificando e dando 24 horas para retirada. Caso não ocorra, autuamos”.
Telma Miranda, Semduh