Quem sabe



No privado, depois da entrevista no rádio sobre candidatura única, Gilvam admitiu em voz baixa:
“Se for o desejo de Brasília, nada contra. O MDB vai de dobradinha para o Senado”, disse.