Alvo



Elisabeth Picanço (TCE) nega malfeitos, mas denúncias contra ela já estão na mesa de Félix Fischer (STJ), que vai investigar obra no Zerão.