Alta



Outubro deu sequência a 10 meses de alta em novos empregos formais no Amapá, com 179 contratações puxadas pela construção civil e serviços, segundo o Caged. Mesmo assim setor de serviços perdeu 74 postos de serviços durante o mês.