Para o empresário Henrique Prata, do HBarretos, a crise na saúde pública tem um culpado direto: “A medicina privada drenou recursos públicos pra si mesma, e quem paga o pato é o povo.”
Ele diz mais: “Médicos só aparecem no plantão quando chamados. Na verdade, eles trabalham no serviço privado e batem ponto no público.” E tudo por má gestão, “e isso precisa mudar”, diz Prata.

Relação danosa

À Veja, Henrique Prata fala do risco de entregarmos a saúde do país aos meios privados. E o buraco está na relação financeira entre os dois sistemas. “Estamos no fundo do poço. É urgente submeter o SUS a uma boa gestão financeira”, diz Prata, que confessa estar ‘muito angustiado com tudo isso’.