Cooptação



Membros da bancada do Amapá em BSB alvos da tropa de choque do PSL de Bolsonaro.
Tudo a ver com a reforma política prevista pra julho, quando político com mandato pode trocar de partido sem dar satisfação a ninguém.