Desistência



Ameaçado de morte, Jean Wyllys (PSol), reeleito federal, decide abrir mão de seu novo mandato.
E Maia emite nota:
“Nenhum parlamentar pode se sentir ameaçado, ninguém pode ameaçar um deputado federal e sentir-se impune”, acrescentou.