Entraves



Ainda sobre efeitos do tal “rachid, Furlan disse mais no programa de Ana Girlene:
”Estamos sendo ameaçados pra desistir, recebido mensagens, recadinhos, aviõezinhos, estamos sendo seguidos passo a passo; não estamos conseguindo falar com colegas, tem muita dificuldade, não tem acesso”, desabafou Furlan, reforçando:
“Ele (Kaká) foi à minha clínica e disse que a gente poderia estar começando ali uma verdadeira guerra”.
Disse a ele tratar-se apenas de um processo eleitoral, “porque é preciso acabar com o ‘continuismo’ e por isso não vamos recuar”, finalizou o parlamentar.