Torre de Babel



Decisões do TRE/AP parecem pele de joelho, com idas e voltas sem explicação lógica.
Agora foi a vez do Pleno cassar liminar de Léo Furtado (5 a 1), devolvendo a Abdon mandato na Câmara.