Valeu



“Esse Marcelo é bandido! Jamais será presidente da CVM! Por golpe NÃO!”, atirou Yuri.
Mas, com eleição validada pela Justiça, Marcelo Dias acabou mesmo ocupando pódio como novo presidente da CV de Macapá.