Dinheiro



Saques de contas ativas e inativas do FGTS poderão ocorrer a partir de setembro, como anuncia equipe econômica do Palácio do Planalto, injetando R$ 42 bi na economia do país.