Fim de festa



Foi no governo de Camilo que o feriado de São Tiago deixou de ser feriado.

Razão de ser: projeto era de Marília, arqui-inimiga do então governador —mas, além de atingir a deputada, também cortando o barato de mazaganenses.