Será?



Com Paulo Albuquerque sob afagos, cabe um ‘perguntar não ofende’…
Do tipo: tudo ou nada a ver com fechamento de questão sobre ‘queridinho’ do grupo para a sucessão municipal, em 20?
Só uma pergunta.