Sugestão



CNJ determinou, e tribunais de justiça estaduais abrem sites a partir desta segunda 22, para qualquer pessoa opinar sobre as metas do Judiciário brasileiro para 2020.