Degola



Randolfe (Rede) radicalizou: quer a cabeça do ministro Ricardo Salles (Meio ambiente).

Por omissão ante desmatamento da Amazônia, que ele considera como ‘crime de responsabilidade’.