Procura



Erra quem pensa que caso Emyra é encerrado com laudo necroscópico do líder indígena. Mesmo assim, PF, militares e MPF continuam na área Waiãpi, em Pedra Branca do Amapari, investigando se realmente há homens brancos no local.