Castigo



Desembargador Rommel Araújo (TRE-AP) bateu martelo determinado:

PT no Amapá tem 15 dias para recolher mais de R$ 750 mil aos cofres da União, porque não prestou contas em 2015. Se não fazer o que a Justiça manda, terá bens penhorados.