Inadimplência



Bem que o PT, presidido por Nogueira no Amapá, poderia estar de bem com a lei, mas não cumpriu parcelamento da dívida por falta de prestação de contas, quando o montante ainda era pouco mais de R$ 500 mil.

Desembolsou apenas as primeiras três parcelas. Depois, bulhufas.