Parelha



Silvana e Caetano, nem um nem outro pode se considerar como a ‘flor do orquidário’ da Rede, pelo trono de Clécio, ano que vem.

“Mas são os 2 nomes que o partido já projeta na tela como cartas dentro do baralho da sucessão em MCP”, garante Chelala, que pilotou visita ao DA nesta quarta, 11.