Prioridades



Ex-federal, RGóes pilota reeleição do mano Cláudio (CVM) e, ao mesmo tempo, admite volta a estadual, em 22, em vez de federal, “que já não mais o atrai eleitoralmente, porque distancia o político das bases”, disse.