Objetivo



Meta do CNJ consiste em identificar e julgar, até o fim deste ano, 50% dos casos de feminicídio pendentes de julgamento, distribuídos no ano passado. Em Macapá são 9 os casos, com mais da metade já julgados ou pronunciados.

Quer dizer, meta atingida, mas TJ quer concluir todos, logo, logo.