Pendurado



Eduardo Bolsonaro, que também é policial federal, segue na liderança do PSL, mas ainda balançando entre uma lista e outra, de instante a instante.

Sobre prioridade: “A liderança vai até o fim do ano. A embaixada não tem prazo”, disse.