Terceira



Davi assumirá Palácio do Planalto em razão de viagens, para fora do país, do presidente Bolsonaro, e das duas outras autoridades da linha sucessória – vice Mourão e Maia (Câmara dos Deputados).